Zoneamento ecológico-econômico é prioridade para a Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável

O Zoneamento Ecológico-Econômico do Rio Grande do Sul (ZEE-RS) é uma das prioridades da Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), disse a secretária Ana Pellini em entrevista, nesta quarta-feira (5), no programa Governo em Rede. "Atualmente, o ZEE é o principal projeto em que a secretaria está trabalhando. Temos certeza de que, assim que concluída, esta iniciativa será um instrumento importante para o planejamento do nosso território, tanto para o empreendedor quanto para os técnicos que trabalham com o licenciamento ambiental", destacou.

É por meio do ZEE que Estado, sociedade e empreendedores conhecerão previamente as vulnerabilidades e potencialidades das diferentes regiões gaúchas para o planejamento de projetos. Ao longo do primeiro semestre deste ano, a Sema promoveu oficinas em diferentes regiões do estado para debater o assunto.

Uma nova rodada de encontros está programada para os meses de setembro e outubro em Alegrete, Santa Rosa, Santa Maria, Bagé, Santa Cruz do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Caxias do Sul, Porto Alegre e Osório. De acordo com a secretária, a expectativa é que o projeto seja concluído em outubro de 2018.

Conferência

Durante o programa, a secretária ainda falou sobre a Conferência Internacional Recursos Hídricos e RegionsAdapt, ação global que aconteceu no final de junho, em Porto Alegre, para discutir as perspectivas dos impactos causados pelas mudanças climáticas. "Este encontro possibilitou a troca de saberes. Logo, foi um evento de extrema importância, onde os participantes contribuíram com informações e debateram medidas protetivas eficientes para solucionar este problema", explicou.

De acordo com Pellini, desde a Cop-21 a Sema vem apresentando soluções que preparam o estado para a gestão das águas no futuro, uma vez que estão previstas épocas de oscilações violentas entre extremos de secas e de enxurradas. "É necessário a inserção de iniciativas que auxiliem no desenvolvimento de ações para prevenção dos efeitos destas mudanças climáticas sobre a população, o meio ambiente e a economia", afirmou.

Postagens mais visitadas deste blog

Outubro Rosa: Gelsi Susin enfrentou o câncer de mama com força e fé

Área no Centro de Eventos será destinada a FAP

Tribunal de Justiça declara inconstitucionais emendas da Câmara de Vereadores de Ipê