Alecrim Casa Coletiva: alegria para a alma e cura para o corpo

Vai um bolo de Cacau ou um Cuquei. Foto: Marilita Calgaro Scapinelo


A Alecrim Casa Coletiva realmente é um espaço completo de cuidado, como a própria planta de Alecrim. Tomar o chá dela alegra a alma e cura o corpo.





Há um ano, Antônio Prado conta com um lugar aconchegante, com uma culinária primorosa, fresca e saudável. Seja para um café, lanche ou até para uma refeição rápida, usufruir do espaço da Alecrim Casa Coletiva é muito mais que alimentar o corpo com produtos orgânicos e naturais. É encontrar o bem estar e voltar no tempo! Localizada na casa tombada de Ludowico Marcon, uma das poucas em que é aberta totalmente a visitação do público, entrar nela é reviver momentos de infância na casa dos nonos ou bisnonos. Cada detalhe da decoração, móveis remete ao passado. Sem muita descrição e para resumir o que é esse lugar, imagine comigo: cheiro de café fresquinho e flocada de banana saindo do forno! Humm! Eu fiquei com água na Boca! E um lugar harmônico, onde nem mesmo o barulho dos carros passando na rua interfere na tranquilidade do lugar.

Por aqui a regra é acolher da melhor forma possível. “Oferecemos um alimento gostoso integral, vegetariano e orgânico oriundos das agroindústrias familiares. Temos um olhar voltado para as pessoas que possuem restrição alimentar, seja por glúten ou pela lactose”, reforça o diferencial da à sócia Andréa Comin klin. Ela e Jane Mattos comandam o empreendimento. Jane cuida da parte da fabricação dos produtos alimentícios. Já Andréa, além de auxiliar na cozinha e atendimento, atua na casa como terapeuta holística com aplicação de Reiki, aroma terapia, acupuntura. Além dela, outros profissionais atuam no espaço com aulas de teatro e dança e outras terapias alternativas. “Oferecemos a comunidade, oportunidades diferenciadas de cuidado com a saúde e bem estar”.

A Alecrim Casa Coletiva realmente é um espaço completo de cuidado, como a própria planta de Alecrim. Tomar o chá dela alegra a alma e cura o corpo. Então, passe na casa amarela, da av. Valdomiro Bocchese e encomende o seu pão sem glúten ou faça seu lanche saudável, pois o cuidado com a saúde começa com uma boa alimentação.




Postagens mais visitadas deste blog

Área no Centro de Eventos será destinada a FAP

Giovana Gazola Michelin é a rainha do Cinquentenário da Escola Frei Casimiro Zafonatto

Tribunal de Justiça declara inconstitucionais emendas da Câmara de Vereadores de Ipê